terça-feira, 17 de julho de 2012

CONCURSO CULTURAL




Para você que é uma fã alucinada do livro da Marcia Rubim, Adeus à Humanidade, e para quem ainda não leu, mas está morrendo de vontade de ler, eis a oportunidade: um pequeno concurso cultural onde o prêmio é uma camiseta exclusiva e um exemplar do livro! Quer saber como ganhar? Vamos falar das regras.
Para participar é bem fácil:

1 – Basta seguir os blogs que apoiam a promoção. São eles:
•Fan Club Marcia Rubim

2 – Curtir a Fanpage de Adeus à Humanidade no Facebook (clique aqui)

3 – E responder nos comentários dessa postagem: Do que você seria capaz de abdicar por amor?
Estaremos recebendo as respostas até o fim de agosto. As três melhores respostas (escolhidas pelas colaboradoras deste blog e pela autora de Adeus à Humanidade) ficarão expostas para votação dos leitores. Quem tiver o maior número de votos será o (a) vencedor (a).

4 – Todos os participantes devem ter endereço de entrega dentro do país.

5 – O provável vencedor já permite, a partir do momento que postar sua participação, que os administradores do blog exponham seu nome, idade e foto com os prêmios.

6 – Os prêmios são um exemplar de Adeus à Humanidade e uma camiseta personalizada (Você pode escolher uma das três imagens abaixo. A da foto é apenas um exemplo de como pode ficar sua camiseta – porque aquela é minha e não dou para ninguém! Kkkkkkkkkk u.u)






Simples e fácil, basta ser criativo e usar a imaginação. Vai perder essa? Não? Então estamos esperando seus comentários e boa sorte a todos!

6 comentários:

  1. Eu seria capaz de tudo pra ter a chance de viver um amor pela vida toda, quando o amor aparece na vida da gente temos que abrir mão de tudo, o amor é a coisa mais linda que existe na face da terra, quando duas pessoas se amam elas tem que ficar juntas para sempre.

    ResponderExcluir
  2. Vemos em muitos livros várias provas de amor. Seja de anjos, vampiros ou até daquele que julgamos não ser capaz de amar, os demônios. Eu desistiria de meus bens materiais, minha liberdade, minha vida, de tudo! A existência não é nada sem o amor.

    ResponderExcluir
  3. Eu já deixei minha família, pai e mãe. E vivo hoje por Amor a um homem que é o motivo dos meus dias serem perfeitos. Mas nada é verdadeiramente perfeito, há discussões, as vezes falta de comunicação, as vezes um motivo besta que é a razão de pensamentos ruins, as vezes os defeitos implicam demais. Mas tudo o que eu sofri a cinco anos, sofreria novamente só para tê-lo em meus braços, perto de mim.
    É ótimo vê-lo sorrindo, poder abraça-lo, beijá-lo. Abri mão de muitas coisas por ele, na verdade todos os dias, pois o amor na verdade são infinitos sacrifícios, é em um gosto, vontade, opinião dentre muitas outras coisas. Mas todos ele valeram a pena, pois estou com ele hoje. Sou capaz de muito mais por ele.

    ResponderExcluir
  4. Eu enfrentaria mais tartarugas que o Mario, encontraria o sapato de cristal perdido, beijaria uma sapa, comeria a maçã envenenada (ou iria atrás da maçã do amor, se fosse necessário), escreveria um livro, deixaria todos os meus amigos...
    E continuaria sorrindo, como se aquele fosse o dia mais feliz da minha vida.
    Talvez fosse.
    Talvez o amor valha isso tudo, e talvez valha muito mais.
    Mas, como dizem os poetas, "é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã..."

    ResponderExcluir
  5. Eu faria muita coisa para viver um grande amor. Abdicaria do meu modo de vida e de algumas coisas importantes, mas não posso dizer que faria grandes loucuras. Acredito que o amor é para ser construído e é muito valioso porém não deve ser a unica coisa que norteie uma vida.
    Por amor abriria mão de muita coisa menos dos meus sonhos, amigos e meus filhos.

    ResponderExcluir
  6. Do que você seria capaz de abdicar por amor?

    -> Abdicaria toda a minha vida por um amor, claro, um amor verdadeiro e recíproco, matava a saudade, dava um tiro na solidão, matava a vontade, assaltava o cheiro, me embriagava de paixão, sequestrava os olhos e o resgate seria o coração da minha amada.
    Enfrentaria de cabeça erguida todas as minhas provações, meus princípios,encontraria o pote de ouro no fim do arco íris, atravessaria a fronteira do EUA e México ilegalmente, gritaria a maior melodia existente: ''Eu te amo'' para todo mundo ouvir. Nada é mais bonito que um VERDADEIRO amor por isso, não mediria esforços para conquista-lo.<-


    Email: bielfloc@gmail.com
    Facebook: Gabriel Rezende
    Twitter: @BielFloc ♥

    ResponderExcluir